segunda-feira, 12 de outubro de 2015

O tempo


Ah! O tempo
Por quanto tempo?
Terei de ficar
Esperando o tempo passar
O dia sonhado chegar
A planta crescer
O sol nascer
A ferida curar
A tarde cair
A noite acabar

Esperei, esperei
Venci, cresci, lutei
O tempo passou
Como era de ser
O dia chegou
A planta cresceu
O sol nasceu
A ferida curou
A tarde caiu
A noite acabou

Aprendi com o tempo
Que para cada momento
Há um lugar
O hoje é aqui
O ontem esqueci
O amanhã lá está

Vivo o momento
Não gasto mais tempo
Vendo o tempo passar
Deixo a fruta cair
O amigo partir
A água ferver
O mundo acabar
Só não deixo que o tempo
Leve o meu tempo
Sem avisar

Alex Dahlke

Imagem: Google imagens


7 comentários:

  1. Viver o momento e ter gratidão por este viver, sem apertos, sem amarras. Linda mensagem! Um beijo Elzinha.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite amigão
    Realmente uma mensagem bem apropriada para mim.
    Muito obrigada.
    Boa semana pra ti.
    Beiju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Myla!
      Espero que estas palavras lhe façam bem.
      Um forte abraço, minha amiga.
      Obrigado!

      Excluir
  3. Maravilhoso!Lendo e relendo, e de novo... de novo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Denise!
      Fico feliz em saber que tenha gostado do poema.

      Excluir
    2. Muito obrigado, Denise!
      Fico feliz em saber que tenha gostado do poema.

      Excluir