segunda-feira, 12 de outubro de 2015

O tempo


Ah! O tempo
Por quanto tempo?
Terei de ficar
Esperando o tempo passar
O dia sonhado chegar
A planta crescer
O sol nascer
A ferida curar
A tarde cair
A noite acabar

Esperei, esperei
Venci, cresci, lutei
O tempo passou
Como era de ser
O dia chegou
A planta cresceu
O sol nasceu
A ferida curou
A tarde caiu
A noite acabou

Aprendi com o tempo
Que para cada momento
Há um lugar
O hoje é aqui
O ontem esqueci
O amanhã lá está

Vivo o momento
Não gasto mais tempo
Vendo o tempo passar
Deixo a fruta cair
O amigo partir
A água ferver
O mundo acabar
Só não deixo que o tempo
Leve o meu tempo
Sem avisar

Alex Dahlke

Imagem: Google imagens


domingo, 11 de outubro de 2015

Você é diamante

Tempos difíceis fazem-lhe companhia?

Lembre-se de que a diferença entre o grafite e o diamante está na pressão que eles sofrem.

Já suportou muita pressão?

Tenha somente mais um pouco de paciência, pois a preciosidade do diamante transluz com o processo de lapidação.

Alex Dahlke